Arquivos de tags: Fusion

Garota de Ipanema (Tom Jobim) – Trio Corrente

Por Gabriel Barbosa

De Salvador

Esse conjunto eu descobri numa madrugada insone assistindo a reprise do programa “Pontapé Inicial”, da ESPN Brasil. Dudu e Trajano estão sempre a convidar uma atração musical para o programa matinal de variedades e esportes da emissora, apresentado por eles. O Trio Corrente é formado pelo pianista Fábio Torres, o baixista Paulo Paulelli e o baterista Edu Ribeiro. Apresenta um repertório de clássicos do choro e da MPB em versões jazzísticas, além de composições autorais. No vídeo, o trio toca a conhecida mundialmente “Garota de Ipanema”, de Tom Jobim. Muito bom o arranjo, confiram.

Transnational dubstep

Por Juliette Savin

de Munique/ Alemanha

Jajouka Sound System é o novo projeto do DJ de dub, produtor, e musico americano Dub Gabriel e Bachir Attar, lider da banda de musica tradicional de Marrocos,  Master Musicians of Jajouka. Participaram do projeto outros musicos como Mark Pistel (Hercules & Love Affair), Ysanne Spevack (Smashing Pumpkins) e membros do Master Musicians of Jajouka. Salahadeen, uma fusão de dubstep e musica tradicional, é a primeira criação do coletivo Jajouka Sound System, e faz parte de uma compilação de dubstep fusion elaborada por DJ UMB, fundador do blog Generation Bass.

Walking in Space – Quincy Jones

Por Antônio Arapiraca

De BH

Em 07 fevereiro de  2008 o ônibus espacial Atlantis decolou com a missão de levar até a Estação Espacial Internacional (ISS) o laboratório de pesquisas Columbus.  Nessa operação delicada os astronautas deveriam realizar 3 caminhadas espaciais para a instalação do novo módulo da ISS. Para relaxar e entrar no clima o astronauta Leland Melvin escolheu a música Walking in Space do Quincy Jones para ser a sua música do café da manhã durante a missão. A música é o tema principal do disco homônimo de 1969 no qual Jones constroe um trabalho jazz-R&B-pop fusion seminal. Jones declarou certa vez ” Eu me inspirei a gravar este disco depois que o astronauta Buzz Aldrin me contou  que havia tocado um arranjo meu de uma música do Frank Sinatra, ‘Fly Me To The Moon’, durante o voo espacial para a lua em 1969″.  Nada como o espaço sideral para inspirar um dos albuns que  levaram a música negra norteamericana a um novo patamar e abriu as portas para gerações de músicos explorarem aquela novidade chamada Fusion. Boa caminhada!!!