Bixiga 70, do Bixiga para o mundo

Por Débora Alcântara
De Salvador

Um sonzaço! Para aqueles que curtem o demiurgo do afro-beat, Fela Kuti, vai vibrar com a banda paulistana Bixiga 70, que soma um pouco mais de um ano. Novinha, mas imbuída até a medula de ancestralidade. O despejo dos golpes duplos no bumbo são incrementados com o melhor de nossa africanidade hibridizada. Bixiga, porque foi num estúdio localizado no bairro da terra da garoa, Bixiga, onde o conjunto nasceu, no número 70 da rua Treze de Maio. Mas o 70 não é só o endereço. A referência maior é à banda Afrika 70, formada pelo nigeriano Fela Kuti.  É no bairro do Bixiga que os dez músicos tecem o laço entre o passado e o futuro através de uma leitura da música cosmopolita de países como Gana e Nigéria, dos tambores dos terreiros e dos afro-sambas, da música malinké e de uma aposta despretenciosa para o improviso e a dança. Aumente o som e se entregue à sinestesia com Décio 7 na bateria, Rômulo Nardes e Gustávo Cék na percussão, Marcelo Dworecki no baixo, Mauricio Fleury com suas teclas e guitarra, Cris Scabello também na guitarra, Cuca Ferreira no sax barítono, Doug Bone no trombone, Dany Boy no sax tenor e Daniel Gralha com seu trompete.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: